Últimas Notícias da Priples, Quinta 08/08/2013

Polícia busca “divulgador zero” da Priples

414e181c908e9b035425e6c057c288e5 Últimas Notícias da Priples, Quinta 08/08/2013

Além de responsabilizar quem estava no topo da suposta pirâmide, informação serve para averiguar suspeita de que primeiro nome da rede seja real líder do negócio

A Polícia Civil recebeu na quarta-feira (7) os cadastros dos 210 mil investidores da Priples. A lista é importante para averiguar várias suspeitas, uma das principais a de que a empresa usa “laranjas” não só para ocultar patrimônio, mas para esconder o real mentor do negócio. Se confirmada, significaria dizer que o jovem casal Henrique Maciel Carmo Lima, 26 anos, e sua esposa Mirele Pacheco de Freitas, 22 anos, respectivamente o dono da Priples e sua sócia, mandam na empresa só no papel. O real mentor seria o “divulgador zero” da rede, um desconhecido milionário, hoje misturado entre milhares de divulgadores da Priples.

Delegado responsável pelo caso, Carlos Couto afirma que não pode detalhar muito as próximas ações para não atrapalhar a investigação. Mas adianta. “Devemos abrir inquérito para apurar a responsabilidade de quem estava no topo da pirâmide, lucrou realmente muito e contribuiu para atrair mais pessoas para a rede”, diz Couto. O crime seria o mesmo da Priples, crime contra a economia popular.

A importância do “divulgador zero” da rede partiu do Ministério Público do Acre, no caso Telexfree – a suspeita é de que o mentor da empresa seria Sanderley Rodrigues, implicado em outras supostas pirâmides. Em entrevista ao JC publicada no último domingo, o diretor e sócio da empresa, Carlos Costa, nega enfaticamente a hipótese: Sanderley seria só mais um divulgador.

O que chama a atenção no caso Priples é a repentina guinada. O negócio que em quatro meses girou R$ 107 milhões, dos quais R$ 72 milhões bloqueados pela Justiça, há dez meses era uma endividada microempresa.
Apesar do saldo bancário gigantesco e carros de luxo como duas Range Rovers e um Camaro apreendidos pela polícia, até o início deste ano a Priples não existia: seu CNPJ era de uma locadora de veículos. Aberta em 2007 com o nome Evolution, depois trocado para Forteloc. Em 14 de setembro de 2012, a locadora ia tão mal que foi executada na Justiça pela Prefeitura do Recife por dívidas fiscais.

Em abril passado, como por mágica, Henrique e a jovem esposa, sem autorização de órgãos do sistema financeiro e logo após a crítica falta de dinheiro, mudaram a empresa para Priples, que prometia retorno de 60% ao mês em troca de taxa de adesão de R$ 100 a R$ 10 mil. Quem levasse mais gente para a rede lucrava mais, o início da meteórica expansão interrompida com a prisão do casal e a suspensão da empresa, há cinco dias. Falta descobrir quem foi o primeiro convocado, o “divulgador zero”.

Fonte: JC Online

4 Comentários para: “Últimas Notícias da Priples, Quinta 08/08/2013

  1. olá bom dia eu gostaria de saber se o dinheiro vai se devolvidos para os investidores que foram lesados como eu fui e cai nesse golpe, nos que fomos vitimas nesses golpes como ficaremos nessa situação, a justiça tem que fazerem eles devolverem nossos dinheiros por que a maioria dos investidos que investiu estão desempregados como eu estou e pais de famílias e outras pessoas carentes sem rendas como ficamos nessa situação.

  2. eu acho que vcs deveriam levar esse castigo mesmo se a justiça nao devolver seus dinheiro é bem empregado porque vcs ao inves de correr atras de emprego fica correndo atras de dinheiro facio meu irmao entrou tambem eu tanto que avisei para ele mas ele nao me escutou levou um banho tam eu acho é bom e ele é evangelico e trabalha a 6 anos de carteira acinada desemprego nao é descupa nao eu estou desempregado a 1 ano nao preciso correr atras de dinheiro facio porque DEUS supre as minhas nessecidades entao se vcs queserao dar dinheiro facio é problema de vcs se eu fosse uma pessoa constituida por DEUS para resolver este caso como estas altoridades sao eu nao devolvia nao meus irmao meus irmao JESUS é o caminho a verdade e avida eterna

Deixe uma resposta